Erydia
Olá viajante!

Seja bem vindo à bela cidade de Erydia. Você acaba de pisar em solo Erydiano, e está a um passo de se tornar um de nós.

Tudo que precisa fazer é se cadastrar, escolher um Clã para se juntar de acordo com a sua personalidade e depois é só se divertir!

Nesse mundo onde a magia e as criaturas fantásticas são reais, emoção, aventura e principalmente fantasia farão parte da sua história. Crie um personagem, faça dele um herói e acima de tudo: Divirta-se!



 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Reunindo um Exército - Parte 1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Reunindo um Exército - Parte 1   Qua Nov 29, 2017 2:14 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Qui Nov 30, 2017 5:19 am

À primeira luz, Daereon já estava a postos em uma das baias escovando Shadowfax. Não era uma questão de vaidade, mas o mago se sentia um pouco ansioso, e o tabaco não seria o suficiente. Há três dias, Esyae Amakiir havia chegado a Erydia com uma péssima notícia: a ajuda dos Bosmer realmente não viria. 

Daereon havia ficado feliz e até um tanto lisonjeado por que a elfa abriu mão de coisas importantes para ela, para seguir o que ela achava ser certo e ajudar Erydia. Ela e Zahara foram rápidas em pensar em um plano alternativo, e com a ajuda de Derfel, localizaram outros grupos de guerreiros que poderiam se unir à causa. Hoje Daereon, Derfel e Esyae partiriam em busca destes outros grupos, e por isso ele madrugara. 

Não demoraria para que seus companheiros chegassem, então ele cantarolou uma canção enquanto cuidava de seu adorado companheiro equino.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Derfel Cadarn
Forasteiros
Forasteiros
avatar

Idade : 38
Moedas : 214

Ficha do personagem
Habilidade:
10/12  (10/12)
Energia:
19/24  (19/24)
Sorte:
8/12  (8/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Qui Nov 30, 2017 10:57 am

Derfel teve sua ideia confirmada, os Bosmer realmente não iriam ajudar. Entretanto, ele sabia que poderia contar com os guerreiros de Dumnonia para lutar naquela guerra, por mais que fossem mercenários, em momentos importantes como aqueles eles deixavam a moeda de lado e deixavam que sua honra os guiassem. Certamente seria bom revê-los, seus antigos irmãos e irmãs de escudo, com quem participara de tantas batalhas. Acima de tudo veria um de seus melhores amigos, que agora guiava os guerreiros graças ao sumiço de Arthur, Galahad certamente estaria mais do que disposto a ajudá-los.

Quando retornara a Erydia, no entanto, tivera uma pequena surpresa. Em seu quarto esperavam-o Merlyn e Guinevere, que pareciam estar dispostos a juntar-se a ele na busca por Arthur e que agora iam até o estábulo ao seu lado. Também encontrara um pequeno bilhete, onde uma instrução um tanto enigmática estava escrita. Decidiu ignorá-la por enquanto e foi com os dois até os estábulos.

Guinevere era uma mulher bela e alta, porém era uma cabeça menor que Derfel. De cabelos ruivos e longos e olhos verdes que não pertenciam a uma dama, e sim a uma caçadora, seu olhar era como um desafio lançado a todos ao seu redor, como se ela desejasse que alguém a testasse, que alguém tentasse conquistá-la, apenas para vê-los falhar miseravelmente.

Entre os dois caminhava um velho, ele era alto de fato porém era um pouco menor que Guinevere, que era da altura de Daereon. Sua barba branca e longa era presa por alguns anéis e seu cabelo acinzentado longo estava preso por um rabo de cavalo. Carregava em suas mãos um simples cajado de madeira, que usava para auxiliar em sua caminhada, mas quem o conhecia sabia bem o estrago que podia fazer com aquilo.

- Não há necessidade de vocês deixarem a segurança da cidade para virem comigo - Repetiu Derfel, quem sabe pela centésima vez desde que haviam deixado a estalagem.

- Não seja burro, Derfel! - Falou Merlyn, usando sua segunda frase favorita - Não há motivos para eu ficar parado agora que Arthur sumiu. Estou velho, mas não estou fraco.

- Se você pensa que sou algum tipo de donzela que fica sentada esperando pelo retorno de seu príncipe encantado, bom, você certamente se esqueceu de tudo o que me viu fazer - Disse Guinevere, caminhando calmamente ao lado deles.

- Isso vai ser perigoso... - Murmurou Derfel, sendo atingido na cabeça pelo cajado de Merlyn.

- Você não escutou nada do que eu disse? - Questionou-lhe Merlyn.

- Chegamos. Merlyn, não irá falar com seu irmão? - Perguntou Guinevere. Eles já haviam chegado havia um tempo, porém ela falara aquilo para lembrá-los que estavam na presença de outra pessoa.

Merlyn virou seu rosto lentamente, uma sobrancelha soerguida com uma sombra de um sorriso convencido passando por seu rosto - A adúltera tentando ditar o que devo fazer? - Então voltou seus olhos para Daereon - É nessa hora que devo dizer que senti sua falta depois de longos anos? Pois bem - Ele parou para inspirar - Eu havia esquecido que você existia Daereon, não é nada bom lembrar-me de sua inigualável presença irritante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Esyae Amakiir

avatar

Idade : 208
Moedas : 96

Ficha do personagem
Habilidade:
7/12  (7/12)
Energia:
18/24  (18/24)
Sorte:
9/12  (9/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Qui Nov 30, 2017 5:42 pm

Esyae deixava Erydia com a sensação de dever cumprido, e a sua jornada mal tinha começado.

 Durante os três dias que ficou na cidade, dedicou todo o seu tempo em ensinar Alexis - que por sinal se mostrou uma ótima aluna, manejando com habilidade e maestria todos os seus ensinamentos -, e o fato de que agora os Erydianos poderiam se defender e atacar os Orcs do jeito certo, acalmava um pouco seu coração. Era um tanto esquisito a necessidade que a elfa sentia de ajudar aquele povo desconhecido, no entanto por mais que tentasse, não conseguia parar de se importar. Durante uma das noites em que esteve agitada e não pôde dormir, saiu para explorar um pouquinho, e acabou conhecendo um monge e uma maga que moravam ali há um bocado de tempo. Ela ficou complemente encantada com suas histórias... o modo como Erydia acolhia as pessoas era inspirador e cativante. Esyae acreditava em seu Deus com fervor, mas Érys com certeza seria levada em seu coração também.

O dia amanheceu bonito. Enquanto ia para o lugar marcado, ela se permitiu conectar com a brisa suave que batia em seus cabelos; desta vez os fios da frente foram trançados, deixando expostas as orelhas pontudas, enquanto atrás caíam soltos e livres. Para a ocasião, Esyae trajava calças marrom apertadas, e um sobretudo verde escuro sem muitos detalhes. A vestimenta fora um presente da Dama Regente, e era simplesmente perfeito porque podia encaixar as espadas, flechas e arco, sentindo-se simultaneamente confortável e segura.

PRESENTE DA DAMA:
 

Seus passos lentos foram apressados quando percebeu a agitação mais a frente. Ela parou ao lado do grupo de pessoas e abriu um sorriso, que se desfez no momento em que ouviu as palavras do único senhor desconhecido. Por seu jeito, e pelo que se lembrava da conversa dos novos amigos, talvez finamente estivesse de frente àquele tal Merlyn, de quem Derfel tanto falava.

- Bom dia, senhores! - ela quebrou o clima, parecendo empolgada. Mesmo na situação em que estavam, a elfa se sentia confiante - E senhorita... gostei do seu cabelo - brincou, antes de ficar séria outra vez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Qui Nov 30, 2017 6:42 pm

Shadowfax estava com a pelagem branca brilhante e sedosa, e Daereon se virou, tragando um pouco do seu cachimbo. 

- Merlyn, meu irmão! Senti o cheiro do seu imundo traseiro druidico há milhas de distância! - ele parecia até feliz em encontrar o irmão, e logo após cumprimentar seus amigos, voltou-se para Gwen. 

- Milady, que sua espada esteja afiada e sua língua ainda mais. Como vai? - ele se apresentou como o “filho preferido”, e oferecia sorrisos sinceros. Ele sabia que Merlyn não deixaria sua gentileza barata. Logo, já preparou outra. 

- Irmão, você pretende vir conosco em nossa busca, pretende? Temo por essa flor de couro que brota entre vossas nadegas. 

Ele sorriu e acariciou Shadowfax, pronto para partir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Derfel Cadarn
Forasteiros
Forasteiros
avatar

Idade : 38
Moedas : 214

Ficha do personagem
Habilidade:
10/12  (10/12)
Energia:
19/24  (19/24)
Sorte:
8/12  (8/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Qui Nov 30, 2017 8:08 pm

Quanto o druida abriu a boca para responder Daereon, bastou um olhar de Derfel para que ele se lembrasse dos requisitos que o guerreiro impusera antes. Um desses requisitos é que as provocações entre ele e Daereon deveriam manter-se mínimas, e que como Merlyn tinha uma dívida com Derfel, estava bem na hora de pagá-la através disso. Guinevere por sua vez, divertia-se com aquela pequena disputa entre os irmãos, mas haviam poucas coisas parecidas com aquela que não a entretinham.

- Você é Esyae, não é? - Perguntou Guinevere, com um leve sorriso em seus lábios - Derfel comentou sobre você, é um prazer conhecê-la.

De dentro do estábulo, os cavalos daqueles três vinham trotando calmamente, sem dúvida um efeito causado por Merlyn. Derfel montou em Torrwr gwynt enquanto Merlyn e Guinevere subiram calmamente em seus respectivos cavalos. Os olhos negros de Derfel caíram-se sobre Esyae.

- É bom vê-la novamente - Falou, antes de voltar seu olhar para Daereon - Vamos?

Daereon poderia notar que havia algo de diferente em Meryln, ele já não era mais o mesmo. Havia algo dentro dele que mudara-se e o afligia, por mais que ele fosse muito bom em não demonstrar isso. Mas como eram irmãos, era mais fácil para o mago notar isso do que os outros, que estavam acostumados com Merlyn e sua língua afiada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Esyae Amakiir

avatar

Idade : 208
Moedas : 96

Ficha do personagem
Habilidade:
7/12  (7/12)
Energia:
18/24  (18/24)
Sorte:
9/12  (9/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Seg Dez 04, 2017 4:54 pm

- O prazer é todo meu - Esyae fez uma reverência e exibiu um sorriso; o mesmo que direcionou a Derfel quando ele falou com ela. Talvez ainda estivesse feliz por Alexis, ou talvez estivesse ansiosa para rever os Altos Elfos do Sul. A verdade é que a história da elfa com aquele pessoal era um pouco engraçada, e a lembrança arrancou dela uma risadinha baixa, que fez questão de abafar com uma mão na boca.

Ela não gostava muito de usar cavalos, então quando o seu veio, formou uma careta discreta antes de subir. Conforme iam, os dois desconhecidos se apresentaram, e todos ficaram em silêncio outra vez. Esyae pigarreou.

- Então... o que devo esperar dos seus amigos guerreiros, Derfel? - aquele não era só um meio de puxar assunto, a ruiva estava mesmo curiosa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Seg Dez 04, 2017 5:30 pm

Daereon resmungou para si mesmo, insatisfeito com o voto de silêncio de Merlyn, mas logo deu um sorrisinho maldoso e tragou de seu longo cachimbo. Fazendo uma nuvem espessa, esta pairou sobre o irmão, com a intenção de causar uma crise de espirros. 

Ouvindo a pergunta de Esyae, Daereon ficou em silêncio, pois apesar de ter ouvido falar neles, nunca havia realmente os encontrado ou lutado ao seu lado. Ele guiou a todos pela trilha, na direção que ele e Derfel já haviam combinado, mas ainda deixando que o guerreiro seguisse na frente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Derfel Cadarn
Forasteiros
Forasteiros
avatar

Idade : 38
Moedas : 214

Ficha do personagem
Habilidade:
10/12  (10/12)
Energia:
19/24  (19/24)
Sorte:
8/12  (8/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Seg Dez 04, 2017 5:47 pm

A nuvem de fumaça feita por Daereon passou direto por Merlyn, como se ele tivesse empurrado a fumaça para o outro lado, por mais que isso fosse algo quase impossível de se fazer. O druida exibiu um sorriso confiante, enquanto a dita fumaça passava por Guinevere, fazendo com que ela tivesse a dita crise de espirros que o mago tentara causar em seu irmão.


Derfel coçou sua barba enquanto cavalgavam, tentando lembrar-se de algo de destaque que os guerreiros de Dumnonia fizeram, porém haviam sido tantas que ele não sabia exatamente por onde começar. Então suspirou, seria melhor comentar sobre os seus membros de destaque ao menos.

- Bom, eu realmente não sei o que falar deles. São guerreiros e mercenários, então não espere nada além disso. Porém há honra neles também, algo que falta para muitas pessoas - Pensou mais um pouco - No comando, temos Galahad, se tem alguém que representa a honra dos Guerreiros de Dumnonia é ele. Então temos Sagramor, provavelmente nosso melhor guerreiro. Tínhamos Arthur, porém ele desapareceu. E temos eu. Éramos os quatro líderes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Esyae Amakiir

avatar

Idade : 208
Moedas : 96

Ficha do personagem
Habilidade:
7/12  (7/12)
Energia:
18/24  (18/24)
Sorte:
9/12  (9/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Ter Dez 05, 2017 8:34 am

O caminho de terra se tornava bucólico, o sol brilhava, e um vento fresco e sutil brincava com os fios arruivados das duas mulheres enquanto seguiam. Amakiir percebeu de rabo de olho as intenções de Daereon, e quis rir com a crise de Guinevere, mas se conteve. Esperava algum xingamento ou provocação ácida vindos dela, não pioraria ainda mais.

Às palavras do amigo, franziu o cenho com a tez suavemente enrubescida. Suas experiências com mercenários não foram exatamente agradáveis ou dignas de comentários profundos, o que ficou claro pelo semblante confuso.

- Mas como pode um mercenário ter honra? - fez uma pausa longa, com olhos em Daereon antes de continuar - Como alguém só... desaparece? Não deixou pistas? Vocês não foram atrás dele?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Ter Dez 05, 2017 11:45 am

Daereon ergueu as sobrancelhas, com os olhos arregalados e bufou mais fumaça para longe. 

- Veja bem, Esyae-elda. A palavra mercenário ganhou um significado depreciativo por conta dos homens sem honra que se aliam a qualquer um que pague bem para realizar qualquer tipo de serviço, mas eu posso garantir a você que nao é o caso dos Guerreiros de Dunmonia nem mesmo da maioria dos mercenarios livres. Sei que pode ser uma ideia um tanto estranha para uma elfa, já que seu povo, de uma forma ou outra se mantém unido. Mas para a raça dos homens, que constantemente guerreia entre si, não há nada de errado em alugar sua espada e seus serviços em prol de garantir a proteção de alguém que precise ou mesmo ajudar a vencer uma guerra. 

- Alguns dos homens mais honrados que eu já conheci ganhavam a vida como mercenarios. Um deles é o próprio Sor Derfel. Outro é o jovem Galahad. 

Daereon jamais escondera seu grande apreço por Galahad, mas talvez para alguns ali fosse a primeira vez que ele o mencionava, e de forma tão respeitosa. 

Sobre Arthur, ele deixou que Derfel respondesse, e esperava que pudesse relevar a maneira direta que a elfa inquiria sobre as coisas, típico do povo elfico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Derfel Cadarn
Forasteiros
Forasteiros
avatar

Idade : 38
Moedas : 214

Ficha do personagem
Habilidade:
10/12  (10/12)
Energia:
19/24  (19/24)
Sorte:
8/12  (8/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Ter Dez 05, 2017 1:02 pm

Derfel coçou sua barba novamente, desta vez voltando seu olhar para Daereon enquanto o mesmo falava. Apenas assentiu conforme o mesmo falava, ele conseguia entender a surpresa de Esyae ao ouvir que mercenários possuíam honra, ele sabia que haviam alguns que vendiam sua espada por motivos sombrios e certamente não honráveis. Ainda assim, os Guerreiros de Dumnonia eram a exceção e apenas lutavam por uma causa considerada justa. Então, chegaram no assunto de Arthur e a face de Derfel tornou-se sombria.

- Diferente dos demais homens, Arthur e eu tínhamos uma família. Arthur tinha Guinevere e eu tinha Ceinwyn e nossas três filhas, Morwenna, Seren e Dian. Nós sempre tirávamos um mês do ano e nos recolhíamos em uma casa que havíamos comprado, ela era distante de todo o caos do mundo, e era lá que vivíamos em tranquilidade - Contou Derfel, era possível notar o pesar que havia nas palavras do homem - Um dia, acordamos a noite. Guinevere ainda estava para chegar. Haviam pessoas do lado de fora da casa, guerreiros reunidos na distância com tochas e armas. Eu consegui ser mais rápido do que Arthur ao me armar e saí para enfrentar os inimigos e foi quando vi...

Uma pausa, ele parecia estar lutando contra as lágrimas. Merlyn aproximou seu cavalo para o de Derfel e apoiou sua mão no ombro do homem. Aquilo poderia vir como uma surpresa para Daereon, pois o seu irmão jamais demonstrava que se importava com alguém. Porém nunca fora segredo que o Druida tinha apreço por Ceinwyn e as garotas. Na verdade, ele as adorava e até mesmo as considerava suas netas, por mais que não fosse o verdadeiro pai de Derfel.

- Uma enorme esfera flamejante atingiu minha casa e explodiu. Eu fui atingido por um dos pedaços de madeira da casa e apaguei. Quando acordei, só restavam cinzas. Encontrei os corpos de minha esposa e de minhas filhas, mas não encontrei o de Arthur. A alguns metros de distância, achei Caledfwlch, a espada dele. Ele sobreviveu, porém sumiu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Esyae Amakiir

avatar

Idade : 208
Moedas : 96

Ficha do personagem
Habilidade:
7/12  (7/12)
Energia:
18/24  (18/24)
Sorte:
9/12  (9/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Ter Dez 05, 2017 3:21 pm

Esyae ouvia atenta as explicações de Daereon, assentindo com a cabeça vez ou outra, porém não parecia concordar realmente. O Cinzento estava certo, os elfos eram um povo unido, e por isso a ideia de erguer a espada por dinheiro para um dos seus parecia ridícula e indiscutivelmente desonrada. Entretanto, antes de expor sua opinião contrária e ofensiva, ela ergueu os olhos para Derfel, e não pôde dizer uma única palavra. Com aquele porte intimidador de barba crespa e ombros largos, quase não era possível notar o jeito que ele tinha de olhar as coisas, mas ela notou. A elfa sempre acreditou que os olhos eram a janela da alma, e os olhos dele tinham mesmo alguma coisa que passava longe de desonra.

Ela teve que piscar algumas vezes para sair do transe, mas se arrependeu assim que o fez. Esyae viu o guerreiro contar sua história, e uma tristeza a arrebatou até que ela mesma se inclinasse no cavalo, e fitasse ao longe meio perdida. Aquela não era bem uma atitude a se esperar de alguém que fora um dia Capitã de uma Guarda, contudo foi exatamente o que fez por alguns minutos. Queria confortá-los com um "tudo vai ficar bem", mas não iria. As pessoas que Derfel amava, morreram. E isso era uma droga. Nada ficaria bem. Um suspiro baixinho escapou antes que ela se recompusesse.

- 3 filhas? Você tem quantos anos? Eu tenho 208.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Ter Dez 05, 2017 5:46 pm

Daereon suspirou tristemente ao saber da história de Derfel. Nem mesmo sei irmão mais feio podia negar que Derfel era um homem forte, além dos músculos, por continuar a lutar depois de tudo que aconteceu. Ele esperava poder proporcionar um fechamento para a história, provavelmente não uma vinganca sem sentido, mas realmente uma forma de evitar que tal crueldade fosse cometida com outro, talvez menos afortunado por não ter um guia como Merlyn ou uma mão amiga como Arthur ao seu lado. 

Ele ouviu a pergunta da elfa e soltou um risinho. 

- A senhora está muito bem conservada, nos padrões humanos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Derfel Cadarn
Forasteiros
Forasteiros
avatar

Idade : 38
Moedas : 214

Ficha do personagem
Habilidade:
10/12  (10/12)
Energia:
19/24  (19/24)
Sorte:
8/12  (8/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Ter Dez 05, 2017 5:54 pm

Se Guinevere estava preocupada com o sumiço de seu marido, ela não demonstrou isso, mantendo uma expressão séria e centrada durante a cavalgada. Anos atrás, quando Derfel ainda era um pouco mais jovem, ela fora mais como uma inimiga dele por mais que fosse a esposa de Arthur, ela fizera coisas que o guerreiro não perdoaria. Ainda assim, ela sentia a dor dele, por ter perdido a mulher e as crianças. Não interagira muito com as filhas dele, mas considerava Ceinwyn uma boa amiga, uma amiga que agora perdera. De fato, até mesmo uma pessoa difícil de se lidar como Merlyn acabara por se deixar levar pelo ar bom que Ceinwyn possuía. Aquela mulher fora como uma santa em pele humana. Por mais que doesse, Derfel desistira de se lamentar e tentar imaginar como a sua vida teria sido caso aquela tragédia não tivesse acontecido. Afinal de contas, era com o Merlyn sempre falava: O Destino é inexorável.

- Eu tenho 38 anos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Esyae Amakiir

avatar

Idade : 208
Moedas : 96

Ficha do personagem
Habilidade:
7/12  (7/12)
Energia:
18/24  (18/24)
Sorte:
9/12  (9/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Ter Dez 05, 2017 7:05 pm

- Nos padrões humanos? Em todos os padrões, Sir Daereon - ela brincou, para distrair o clima pesado que se instalara.

Estava curiosa para saber a idade de todos eles, principalmente de Merlyn, mas foi impedida de falar quando os seus olhos avistaram uma fumaça mais a frente. Um grupo, um acampamento, uma cidade? O que quer que fosse, Esyae acenou com a destra chamando a atenção deles. Sua postura rapidamente atenta.

- Devemos desviar o caminho? - perguntou baixo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Qui Dez 07, 2017 4:13 am

- Perdoe a indelicadeza de um velho, sim? - ele riu junto com ela, mas logo ficou sério, quando a elfa avisou sobre a fumaça. 

Fumaça negra mostrava que o fogo, qualquer fosse sua origem, não havia se apagado. Era uma coluna grande e espessa, e isso significava um incêndio grande. 

- Com cautela agora. Vamos ver do que se trata. 

Sem muito sair do curso, Daereon e os outros se aproximaram, e chegaram a um acampamento Orc. Corpos mortos de criaturas estavam empalhados em uma grande pira, a origem da coluna de fumaça. Um estandarte apenas servia como identificação dos autores daquele expurgo. Era o símbolo dos Guerreiros de Dunmonia. Eles estavam por perto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Derfel Cadarn
Forasteiros
Forasteiros
avatar

Idade : 38
Moedas : 214

Ficha do personagem
Habilidade:
10/12  (10/12)
Energia:
19/24  (19/24)
Sorte:
8/12  (8/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Qui Dez 07, 2017 1:35 pm

- Já faz um bom tempo - Murmurou Derfel, olhando para o estandarte.

Aquela pilha de corpos era um costume dos Guerreiros de Dumnonia, após cada batalha contra monstros eles reuniam os corpos e os queimavam, um costume que ganharam após enfrentar o exército de Mordred, que possuía seu próprio Necromante. Daquela maneira, evitavam que os corpos fossem erguidos novamente, ou que algum houvesse algum sobrevivente. Era possível notar que os Guerreiros de Dumnonia não eram uma força pequena, e que também não temiam usar os métodos necessários para alcançar a vitória completa. Se fosse necessário destruir os corpos de seus inimigos, eles o fariam. 

- Por que um cálice? - Questionou Merlyn, olhando para o estandarte - Quantas vezes vou ter que repetir que era um caldeirão, e não um cálice? 

- Os bardos mudam algumas coisas em suas canções, para ficar mais fácil para o povo - Comentou Guinevere, olhando o estandarte também.

- Chamando o Caldeirão de Clydnno Eiddyn de cálice, chamando Caledfwlch de Excalibur... - Resmungou Merlyn.

- Eles estão perto, não devemos demorar mais que algumas horas para alcançá-los - Falou Derfel, movendo seu cavalo para que deixassem o local.

Estandarte:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Esyae Amakiir

avatar

Idade : 208
Moedas : 96

Ficha do personagem
Habilidade:
7/12  (7/12)
Energia:
18/24  (18/24)
Sorte:
9/12  (9/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Sex Dez 08, 2017 10:47 am

Ela precisou conter a espontaneidade de tomar a frente para que os amigos o fizessem, e foi... diferente, pela primeira vez em muito tempo não ser o alguém que bate de frente com seja lá o que fosse. Esyae se manteve atrás, mas não muito, e permitiu que a destra acariciasse a crina do cavalo branco quando ele pareceu agitado. Animais sentiam muito a energia de seres malignos, mesmo mortos, e os elfos entendiam bem como era aquilo.

Era comum se deparar com Orcs e Goblins por aquelas bandas, no entanto a expressão surpresa denunciou o quanto aquela cena foi inesperada para si. A pilha de mortos era alta, e emanava um cheiro estranho. Não que aqueles humanoides feios não emitissem aquele odor insuportável naturalmente, mas a carne queimada conseguia ser ainda pior. Amakiir formou uma careta e contou no mínimo uns doze corpos. Suas vistas encontraram o estandarte enquanto Merlyn falava, e ela entendeu. Foram eles, os mercenários. Tá bem, talvez estivesse um pouquinho impressionada. Mesmo feios e fedidos, Orcs não eram fáceis de matar e a ideia de queimar o corpo foi realmente ótima. Mas então um lampejo lhe tomou a mente.

- Eles estavam em muitos - ela pensou em voz alta - Geralmente andam em grupos de quatro ou cinco. Para onde será que estavam indo?

A elfa sacudiu a cabeça, içou o cavalo - que decidiu chamar de Relâmpago -, e seguiu caminho em silêncio, de sobrancelhas franzidas. Estava preocupada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daereon

avatar

Moedas : 1817

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Sex Dez 08, 2017 1:55 pm

- Por favor, guie o caminho, Derfel. - Daereon pediu, assumindo a retaguarda do grupo, sentindo algo como um mau pressentimento. 

Daereon sentiu a urgência voltar a invadi-lo e pareceu mais sério a partir dali. Esperava conseguir o apoio dos mercenarios, e pelo menos Zahara era hábil com as Finanças do reino, o que permitia a eles contratarem os guerreiros. O velho seguiu pensativamente, baforando seu cachimbo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Derfel Cadarn
Forasteiros
Forasteiros
avatar

Idade : 38
Moedas : 214

Ficha do personagem
Habilidade:
10/12  (10/12)
Energia:
19/24  (19/24)
Sorte:
8/12  (8/12)

MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   Sex Dez 08, 2017 11:00 pm

- Claro - Disse Derfel, fazendo com que seu cavalo começasse a trotar um pouco mais rápido.

Os Guerreiros de Dumnonia eram por volta de mil soldados, porém nunca andavam completamente juntos e o total de suas forças eram raramente destacados para ir em uma missão, normalmente era escolhido um número melhor que de fato iam para o combate, enquanto o resto descansava ou partia para outras missões. Aquilo deveria ter sido obra de um número menor, caso contrário ainda seria possível vê-los na distância, já que estariam em maior número e cavalgando de forma mais lenta. 

Derfel ponderou, já faziam alguns meses que ele deixara os Guerreiros para trás e partira em busca de Arthur, era possível que algo tivesse drasticamente mudado entre eles? Rezava para os deuses que esse não fosse o caso. Galahad manteria o grupo da maneira que ele sempre fora, afinal de contas eram irmãos e irmãs de escudos. Poderia até ter alguns sangues novos entre os números, porém sabia que a recepção seria igualmente calorosa. Pois quem retornava para eles não era só mais um soldado. Quem retornava era Derfel Cadarn, Campeão de Dumnonia. Junto de Merlyn, o druida que ajudara os Guerreiros em incontáveis combates e Guinevere, que mesmo tendo traído Arthur, acabara por demonstrar seu valor em uma batalha quase perdida. E seus convidados não deixavam de ser impressionantes, mesmo que fossem forasteiros para a maioria. De fato, poderiam esperar uma recepção calorosa e um possível festejo ao anoitecer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Reunindo um Exército - Parte 1   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Reunindo um Exército - Parte 1
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Kalayaan - A Liberdade em Tagalo - Parte I (Crônica Oficial)
» Vida Loka de Kayo Lend Parte 2
» 22º Treino (Parte 3/3) - Ankuko - Conhecimento Táctico Shinobi 3: Ninjutsu
» [[Treino 15]] Os rochedos parte 2 fim
» Oratorium Militaris

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Erydia :: Aventuras-
Ir para: